Visão do futuro

Em 2020, apesar do cenário desafiador em todo o mundo, a MRS manteve sua trajetória de crescimento. Mas, para nós, crescimento não é suficiente sem a visão de um futuro melhor para todos. Estamos certos de que 2021 será um ano extremamente relevante nesse sentido.

Estamos confiantes de obter, em breve, a renovação antecipada do contrato de concessão até 2056, que virá acompanhada de uma série de investimentos que trarão inúmeros benefícios aos públicos com quem nos relacionamos. Serão investimentos importantes, somas em melhorias para garantir atendimento à demanda prevista, com foco na diversificação da matriz de transportes ferroviária, melhoria do desempenho operacional e em projetos de interesse público, como por exemplo, a eliminação de conflitos urbanos. 

Os projetos ainda estão sendo validados pelos reguladores, mas a tendência é que a principal obra seja a separação de linhas para o transporte de cargas e de passageiros em São Paulo, que ocorre no trajeto que parte de Jundiaí, passa pela capital e vai até Rio Grande da Serra, atualmente compartilhado com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Além de aumentar consideravelmente a eficiência no transporte de cargas entre São Paulo e o Porto de Santos, a mudança também permitirá a implementação do Trem Intercidades (TIC), um projeto de mobilidade urbana do governo do Estado de São Paulo que fará a ligação por trem da capital ao interior.

Fiel ao compromisso de crescimento e diversificação no segmento de Carga Geral, iniciamos em 2020 as obras do Terminal Multimodal de Pederneiras/SP, em uma área de aproximadamente 440 mil m2. Estrategicamente localizada às margens da hidrovia Tietê Paraná, o terminal nasce com vocação para atendimentos ao agronegócio e celulose, conectando importantes polos de carga do Mato Grosso do Sul e de Goiânia ao Porto de Santos via hidrovia e ferrovia. A primeira fase do projeto estará pronta no final do primeiro semestre de 2021 e contará com um terminal rodoferroviário de celulose.

O ano de 2021 também será marcado por etapas importantes do projeto de Grandes Intervenções de Via, focada na troca da superestrutura ferroviária. A aquisição dos grandes equipamentos de manutenção e o começo das obras de construção do pátio de apoio em Barra Mansa (RJ) estão previstos para o ano.

Ao longo do ano, continuaremos também em nossa jornada de transformação digital, iniciada em 2020 por meio da implementação do Projeto Conecta, que permitirá a unificação dos sistemas de tecnologia da MRS, e continuaremos a trilhar um caminho em direção à excelência na gestão da sustentabilidade, seguindo os focos estratégicos definidos no último ano como direcionadores de nossas ações de governança, estratégia, gestão de riscos e transparência.

Seguiremos ainda com outra importante meta: consolidar a cultura de diversidade entre nossos colaboradores e tantos outros projetos que incluem uma política de engajamento dos fornecedores no compromisso com a sustentabilidade, o estímulo constante à inovação, o cuidado com as comunidades em que atuamos e o reconhecimento de nossos colaboradores.

2021 será outro ano desafiador do ponto de vista da pandemia causada pela Covid-19, que impacta diretamente a economia. Já nos primeiros meses de 2021, sentimos uma forte pressão inflacionária e vimos os primeiros indícios de falta de matéria prima no mercado. Readequamos o uso do orçamento previsto para o ano e rapidamente começamos um novo mapeamento e estudo de fornecedores, visando garantir a continuidade do abastecimento dos insumos que são essenciais para a Companhia.

Seguiremos enfrentando os obstáculos que surgirem e estamos já ansiosos por compartilhar os resultados de nossos projetos previstos para 2021. Esperamos que em nosso próximo encontro, em breve, estejamos em um cenário de menos dificuldades e mais prosperidade para toda a sociedade.

Fazer download da página

Download do relatório

Download center

Complementos dos indicadores GRI